Quem são seus ancestrais?

quem_sao-seus-ancestrais_550

Você sabe quem é você? Sim, talvez saber, saber, saber mesmo a gente nunca saiba, já que temos milhões de peculiaridades e modos de ser, além de estarmos constantemente buscando responder a essa pergunta, não é mesmo?!? Refiro-me, a saber, de onde você veio, qual é sua descendência, quem são seus ancestrais. Em um país tão miscigenado e rico em raças, como o Brasil, saber se somos descendestes de um só povo é quase impossível, mas investigando dá para ter uma ideia.

Continuar a ler

Faça a poda, mas sem cortar os galhos que darão frutos

faça-a-poda-sem-cortar-galho-fruto-550

Um dos grandes desafios de educadores e pais é encontrar o limite do cerceamento necessário para uma criança sem lhe cortar a imaginação e a criatividade. É ponto comum entre psicólogos e pedagogos, especialistas na infância, que os pequenos precisam de adultos que lhe imponham limites, pois assim eles se sentem seguros, sabendo que há alguém que zela por eles.

Continuar a ler

Você tem flexibilidade para o plano B?

voce-tem-flexibilidade-planoB-550

Às vezes a gente planeja milimetricamente cada passo de um projeto ou conquista. Se esforça o máximo que pode naquilo que depende da gente, se entrega com amor e paixão ao que se propõe a fazer, realiza tudo com empenho, mas… simplesmente as coisas não acontecem como a gente queria. Sim, por mais frustrante que isso pareça, é muito comum e acontece com todos, ao menos uma vez na vida.

Continuar a ler

A difícil arte de lidar com os problemas

dificil-arte-de-lidar-com-os-problemas-550

A jovem professora do ensino fundamental conversava, à porta da escola, com o pai de um aluno. Ela falava, com toda a delicadeza e cuidado, escolhendo as palavras com educação e leveza, que gostaria de conversar em particular com ele sobre o comportamento do pequeno, que inspirava atenção naquele momento.

O pai, com ar sisudo, como quem se desfaz de um problema no mesmo instante em que ele aparece, retrucou: “conheço meu filho e sei que ele só está assim em sala de aula, por que você disse algo que ele não gostou. Tente mudar a abordagem e verá como ele será mais educado”. A professora, sem chance de resposta, apenas assentiu com a cabeça e a conversa acabou, com o sujeito indo embora.

Continuar a ler

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 79 outros seguidores